O que é melhor levar para viagem? Dólar, cartão de crédito ou cartão pré pago?

Um decreto de 27 de dezembro de 2013, da presidenta Dilma Roussef, altera a partir desta data o IOF dos cartões pré pagos e saques em conta corrente no exterior.

Até esta data, tanto o saque com o cartão de débito no exterior como a utilização dos cartões pré-pagos, que tinham uma incidência de apenas 0,38% de IOF (Imposto sobre operações financeiras) passam a ter  6,38% , a mesma tributação dos cartões de crédito.

O objetivo desta norma, segundo a presidenta e o ministro da Fazenda é igualar as tributações, não favorecendo nenhum tipo de transação.

Com base no novo cenário, segue um breve resumo das principais formas de pagamento no exterior, suas vantagens e desvantagens.

Papel Moeda

É importante sempre levar um pouco de dinheiro,para gastos pequenos, na chegada no aeroporto, pedágios e etc..

Verifique qual a cotação da moeda utilizada no seu destino. O dólar é aceito em vários lugares(Cancun, Aruba, Punta Cana), mas muitas vezes o valor da conversão não é competitivo e o troco é na moeda local.

Na Europa, o Euro é a única moeda nos países que fazem parte da Comunidade Européia. Porém, alguns países que não tem o Euro como moeda oficial, também pode aceitar a moeda, porém a taxa de conversão pode ser maior e o troco será na moeda local.

Se você visitar vários países na mesma viagem, que não aceitem a mesma moeda, vai acabar ficando com várias notas e moedas diferentes e acabar gastando no aeroporto

Você compra as moedas pelo câmbio de turismo, pela cotação do dia. Você pode adquirir direto no seu banco (transferência da sua conta corrente) ou nas casas de câmbio (você encontra em vários shoppings), geralmente o pagamento nas casas de câmbio precisa ser em dinheiro. NÃO TEM INCIDÊNCIA DE IOF.

Cartão de Crédito internacional

O cartão de crédito internacional, é sempre uma segurança. Qualquer problema ou gasto inesperado, você tem esta garantia… paga e depois corre atrás do prejuízo!! rsrsr

É a forma mais rápida e pratica, você não precisa fazer nada, apenas comprar!

Sua compra é convertida em dólar ou na moeda local, no ato do fechamento da fatura. Tem a incidência de 6,38% de IOF sobre as despesas internacionais.

É importante verificar seu limite de crédito e pedir aumento, se for necessário, com pelo menos um mês de antecedência. Não esqueça também de informar a operadora do cartão que irá viajar, para não ter seu cartão bloqueado, por segurança.

Lembre-se que se você tiver compras parceladas no seu cartão, o valor que ainda esta pendente é considerado para este cálculo. Exemplo: Seu limite é US$ 10.000,00, mas você você tem uma compra parcelada e ainda faltam 4 parcelas de US$ 600.00, ou seja, US$ 2.400,00. Então, seu saldo disponível será de US$ 7.600,00.

Uma vantagem dos cartões de credito é o programa de fidelidade, que você pode trocar por milhas.

Cartão pré pago

Até ontem, os cartões pré pagos ofereciam uma grande vantagem em relação aos cartões de crédito: a incidência de apenas 0,38% de IOF contra 6,38% dos cartões de crédito. Esta realidade mudou a partir do decreto 8.175 e atualmente o IOF é o mesmo dos cartões de crédito: 6,38%.

De qualquer forma, o cartão pré pago continua apresentando algumas vantagens. São bem aceitos a maior parte dos destinos. Nos Estados Unidos, são aceitos em praticamente todo tipo de estabelecimento, já na Argentina, uma amiga teve um pouco de dificuldades (há uns 2 anos atrás), pode ser que hoje tenha melhor aceitação.

Outra vantagem é não ter surpresas no retorno da viagem, você já sabe quanto irá gastar e na volta, não terá surpresas.Você carrega o cartão com o valor desejado e recarrega por telefone ou internet, quando precisar, mesmo do exterior.

Você pode adquirir um cartão direto no seu banco ou com a operadora do cartão de crédito e recarrega pela internet ou por telefone, mesmo do exterior. É utilizado a cotação do dólar no ato da recarga.

Tenho um cartão pré pago com saldo, o que muda com o novo IOF?

Nada. Se você vai viajar e já carregou seu cartão pré pago, esta nova norma não muda em nada para você. Você teve o desconto de 0,38% no ato da recarga e não terá mais nenhuma tributação. Você teve sorte, aproveite! Nas próximas recargas, o IOF será de 6,38%.

Cartão de débito no exterior

Alguns bancos permitem que o correntista utilize o cartão de débito para compras no exterior. Esta modalidade também teve alteração no IOF, que era de 0,38% e passou a ser 6,38%.

A vantagem desta transação é não ter contas para pagar no final da viagem.

Travellers checks – Cheques de viagem

Um tipo de transação que praticamente não se usa mais. São cheques de viagem, com valores pré determinados, que você pode utilizar no exterior.

Por termos outras formas de pagamento mais modernas, não é aceito em todos os estabelecimentos.

A incidência de IOF também é de 6,38%

Resumindo..

Qualquer operação financeira, exceto a compra de moeda em espécie, tem a incidência de 6,38%. O câmbio utilizado para todas as transações é o turismo.

Veja qual a forma que se adapta melhor com seu perfil, pois cada uma tem suas vantagens e nenhuma delas tem um grande diferencial.

Confira a publicação do decreto aqui.

 

 

Sobre Debora Galizia

Nossa família sempre amou viajar, desde quando as crianças eram pequenas. Hoje são adolescentes e mantemos esta paixão! Aqui você vai encontrar um pouco das nossas aventuras pelo Brasil e pelo mundo, nossas dicas, "perrengues" e nossas experiências...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *