Arquivos da categoria: Punta Cana – Como escolher um Hotel

Punta Cana By: Drika Ferreira

Nossa convidada especial, Drika Ferreira, do lindo blog Doce sonho de papel,  continua a contar sobre sua viagem. Após um dia no Panamá, o próximo destino: Punta Cana. Ela ficou no Barceló Bavaro Palace Deluxe e na suite

PUNTA CANA

Às 22h40 desembarcamos em Punta Cana. O aeroporto tem um estilo bastante caribenho.

É necessário pagar uma taxa de 10 dólares de turismo para entrada em Punta.

Já havíamos reservado um transfer e lá fomos nós, ao som de salsa, para o nosso resort.

Após longa pesquisa optamos ficar no Barceló Bavaro Palace Deluxe (http://www.barcelo.com/BarceloHotels/en … ption.aspx) na praia de Bávaro (que dizem ser uma das mais bonitas) e foi uma excelente opção!
O resort possui a opção de quarto Premium ou não. Os premiuns tem quartos mais espaçosos com vista para o mar e alguns serviços inclusos no preço como room service, restaurante francês, internet, acesso à área de hidroterapia no SPA, área exclusiva na boate, desconto de 10% nos passeios, entre outros.
Nós optamos pela “Junior Suite Deluxe Ocean Front Club Premium”. Logo na chegada somos direcionados para a sala do club Premium com um check-in exclusivo sentada em cadeiras confortáveis e bom atendimento.

Nosso quarto era um luxo, com uma vista para aquele mar verde e azul que fez valer a pena cada centavo a mais que pagamos. O banheiro é integrado ao quarto, uma ideia que achei sensacional e tem uma banheira de hidromassagem na varanda.

Loading...Imagem
O resort é lindo e possui entretenimento para dar e vender. Piscinas enormes, animação durante o dia (como ginástica na praia, dança, etc), SPA, lojas (artesanato, perfumes, maquiagem, acessórios, roupas,…), teatro, cassino, boate. Enfim, diversão para todas as horas, tipos e idades.

Logo no dia seguinte de manhã fizemos a reserva para os restaurantes do resort. São 7 opções: italiano, frutos do mar, steakhouse, japonês, mexicano, espanhol e francês (este está incluso apenas para clientes Premium. Os outros clientes podem ir mas precisam pagar o que consumir).
Fomos em 5 dos restaurantes (italiano, frutos do mar, japonês, espanhol e francês) e posso te dizer que se o resort deixa a desejar em alguma coisa é na alimentação.

O café da manhã é impecável com uma variedade enorme de itens, mas o almoço é mais fraquinho e, a maioria dos restaurantes, deixam a desejar. Apenas 1 ou 2 são realmente bons. Os outros são apenas para constar e o japonês é péssimo (tanto na comida quanto no atendimento).

O atendimento, pelo menos para nós que estávamos no Premium foi muito bom.
E a praia é A praia. Cadeira confortável, paz e aquele mar maravilhoso.

Eu ficaria lá por mais vááários dias….

COMPRAS
Conforme comentei o resort possui várias lojas, mas optamos por ir em dois shoppings da ilha: Palma Real Shopping Village e San Juan Shopping.
Para 4 pessoas o táxi ficou em 10 dólares cada trecho para ambos os shoppings.

Palma Real Shopping Village – shopping com muitas lojas de marca porém com preços exorbitantes. Valeu apenas para conhecer

San Juan Shopping – possui várias barraquinhas com artesanato local, lojas de calçados, uma loja com acessórios da apple, roupas, colares, etc.
Comprei blusa social da US Polo por 30 dólares.
O shopping possui um supermercado grande onde pude comprar muitos cremes por preços de banana, protetor solar e uma mini cafeteira de expresso por 7 dólares.
Após o supermercado tem um multicenter que é tipo uma galeria com muitas lojas de óculos, tênis, relógio, roupas, bolsas e, lojas de marca que estão para inaugurar.
Esse foi um shopping que eu acho que vale a visita. As lojas locais possui roupas bonitas. E o supermercado foi um encontro feliz!

Feira de artesanato – há na praia de Bávaro, ao final do complexo Barceló um “center” com várias barraquinhas pé na área com artesanatos locais. É um ótimo lugar para negociar o preço daquela lembrancinha ou acessório que você queria. Tem brincos, colares, pulseiras, saídas de praia, camisetas, cangas, artesanatos diversos, quadros, charutos, bebidas,….
Comprei um quadro lindo por 80 dólares!

É isso pessoal, uma viagem perfeita para fazer com amor, amigos, sozinho…
Um pouco mais cara que os usuais mochilões, mas de vez em quando vale a um mimo para nós mesmos e ter o gostinho de uma vida de luxo rsrs

Amei seu relato Drika, muito obrigada!!

Como escolher Hotel em Punta Cana?

Mais do que qualquer outro lugar, a escolha do hotel em Punta Cana é decisiva para o sucesso das suas férias. O destino foi pensado para que os turistas pudessem curtir a estrutura do hotel, se deliciar nos buffets all-inclusive, relaxar e curtir o sol!!

Veja algumas dicas que podem ajudá-lo a escolher o hotel que melhor se adapte às suas expectativas.

Continue lendo Como escolher Hotel em Punta Cana?

PUNTA CANA

Relato de uma viagem com três casais de amigos, cada um com dois filhos. Uma semana bem agradável nas águas turquesas do Caribe.

 

Quem foi? 3 casais com 1 criança de 10 anos, 1 de 9 anos, 2 de 8 anos, 1 de 7 anos e 1 de 4 anos.

Quando? última semana de maio/2013

Quanto tempo? 8 noites

Como? Fomos de Copa Airlines com conexão no Panamá. O vôo saiu as 02h30 da madrugada e chegamos em Punta Canta as 11h30m (horário local). 6h30 Brasil-Panamá + 2h30 Panamá-Punta Cana.

Onde ficamos? Barceló Bavaró Punta Cana

Por quê Punta Cana? Queriamos um local para descanso, com praias bonitas e kids friendly

Punta Cana é o principal destino de turismo da Republica Dominicana. Com prais paradisíacas com água azul turquesa do mar do Caribe (de uma lado) e Oceano Atlantico, resorts luxuosos.

É o destino ideal se você procura uma semana para relaxar, curtir praia, hotel e mordomias, já que Punta Cana se resume a isso. A vida noturna se resume a shows e cassinos do hotel (fracos) e se você pensa em compras, esqueça!!

punta13

A Republica Dominicada fica na área bem central do mar do Caribe. Divide a mesma ilha que o Haiti. Sua capital São Domingos fica há mais ou menos 3 horas de Punta Cana.

punta mapa

Em Punta Cana, encontramos mais de 40 resorts, a maioria all-inclusive (bebidas e comidas inclusas na diária). Tem mais de 50 km de praias tem o típico mar turqueza do Caribe e areia fina e branca.

Clima: Por estar na região central do mar do Caribe, seu clima é quente praticamente o ano todo, com temperatura de 30 graus no inverno. As chuvas são mais frequentes ente maio e dezembro, porém são raras e rápidas pancadas. A brisa do mar alivia o calor, ficando uma sensação muito boa. De julho a novembro é a temporada de furacões, porém, a probabilidade é minima!

Vôo: Atualmente, você pode ir do Brasil à Punta Cana pela Copa Air (conexão Panamá), American Airlines (Miami), United Airlines (Nova York), Delta (Atlanta ou Nova York), Avianca (Bogotá), Taca (conexão , Gol (Santo Domingo ou Caracas), Lan (Lima e Santiago) e a Tam. Atenção: Se você for com conexão nos EUA, é necessário ter o visto americano válido.

aeroporto-punta-cana

Visto: É necessário o passaporte válido, porém naõ precisa de visto. Na chegada do Aeroporto, você “compra” um visto de entrada no país, por uma taxa de U$ 10,00. O aeroporto é bem pequeno, tem apenas 2 terminais e a inspeção das bagagens é feita manualmente e com cães farejadores.

Vacina: Não é necessário nenhum tipo de vacina especial, mas é sempre bom ficar atento antes da viagem. Isto pode mudar, devido a alguma epidemia. Algumas pessoas, mais precavidas, tomam a vacina da Febre Amarela, mas ela não é obrigatória.

Estrutura: Apesar da beleza natural e da grande quantidade de resorts internacionais, a cidade ainda não possui infraestrutura. As opções de passeios são poucas e o centro da cidade é bem feio e precário. Fico imaginando se precisar de um médico lá…

Moeda: A moeda local é o peso dominicano, que vale  0,03 dólares ou    reais. Mas em todos os locais, pagamos e recebemos troco em dolar.

pesos dominicanos

Idioma: O idioma oficial é o espanhol, mas dentro dos hotéis o inglês é muito utilizado.

Fuso horário: Tem diferença de 1 hora a menos em relação ao horário de Brasilia (sem considerar o horário de verão)

Transporte: Não é recomendado alugar carro, tudo é muito longe, as estradas são bem ruins. Se for contratar algum passeio, o transporte já esta incluso e existe a opção de táxi. Do aeroporto para o Hotel, muitos hoteis tem promoções de transfer grátis ou pagos, acho que vale a pena.

Culinária Tipica: Uma bebida tipica de Punta Cana é a Mamahuana, uma mistura de raizes, mel, vinho e whisk, que segundo a tradição local é afrodisiaco! Outra bebida muito comum é o Rum, conhecido como Vitamina R.

A culinária lembra muito a mexicana, bem condimentada e com origens africanas e espanhola. Sancocho (ensopado de carne de vaca), Moro (feijão, arroz e carne estofada), Locrio (parecido com a paella), Asopao (sopa de arroz, frango, tomate e coentro), Pica Pollo (pedaços de frango frito), Tostones (banana verde frita com sal, vinagre e alho), yaniqueques (torta de farinha cozida com bicarbonato de sódio, água e sal); bolinhos de mandioca; empadinhas de mandioca; e sobremesas como o doce de leite ou doce de coco.

Gorjeta: É em média 10% do valor da conta, muitos restaurantes já embutem na conta. Para camareiras e maleiros, seguimos o critério dos EUA (1 a 2 dolares por mala ou 1 dolar por dia)

Atendimento: O atendimento não é tão gentil como de Cancun, poucas pessoas atenderam com um sorriso no rosto, era um atendimento eficaz e nada mais. O uniforme padrão das funcionárias é saia bem curta e justa, mas não é vulgar, é apenas a forma delas se vestirem.

Comércio:Tem muito Haitianos trabalhando em Punta Cana e os que trabalham com vendas (lojas ou nas feirinhas) são muito insistentes e brigam por uma vende de $ 1.

Esporte: O esporte preferido dos dominicanos é o baseball e se você estiver lá entre novembro e fevereiro, pode assisitr um jogo em Santo Domingo.

Agora se você é fã de golfe, vai encontrar muitos campos a beira mar!! O mais famoso é o Punta Espada, um dos 10 melhores do Caribe!

golf punta espada

Embaixada Brasileira: Fica em Santo Domingo, Av. Winston Churchill 32, 2° piso. Tel.: +1 809 532-0868

Recomendação importante: Tome sempre água mineral, de preferencia envasada, para não ter problemas de contaminação.