Todos os posts de Debora Galizia

O que fazer se tiver um Furacão?

Sabemos que a região de Bahamas, algumas ilhas do Caribe e a costa Leste dos EUA são rotas de furacões e tempestades tropicais.

furacao

O período considerado “temporada de furacões”vai de julho a novembro e a quantidade e intensidade dos furacões varia e um mesmo furacão pode ˜ganhar ou perder”força.

As cidades-alvo dos furacões estão preparadas e estruturadas para estes acontecimentos e a população já é orientada e sabe como proceder.

Mas, o que fazer se estivermos de férias e tiver alerta de furacão?

As previsões meteorológicas conseguem monitoram e prever a chegada de furações, tempestades tropicais e tornadas com antecedência de mais de 48 horas. As autoridades locais orientam a população, então, apenas siga as orientações e tenha um pouco de paciência por uns 2 ou 3 dias.

Informe-se das condições meteorológicas e da evolução do furacão. Existem vários sites oficiais, que mandam inclusive sinais de alerta.

Se estiver hospedado em hotéis, siga as orientações que são repassadas aos hóspedes.

Não saia, em hipótese nenhuma de carro ou a pé, durante a tempestade.

  • Se for recomendado evacuar o local, siga as orientações e se direcione para os os abrigos  (shelters) ou locais considerados seguros. Se for abandonar sua casa, desligue a água e energia elétrica.
  • Se não for recomendado evacuar o local, fique dentro de casa e longe de janelas e vidros.
  • Tire tudo da varanda e quintal e coloque proteção nas janelas.
  • Compre água, alimentos, remédios, pois podem acontecer alagamentos, queda de energia e falta de alimentos.
  • As escolas, parques e estabelecimentos públicos geralmente fecham.
  • Aeroportos, portos podem fechar. As cias aéreas, hotéis e empresas de Cruzeiro geralmente cancelam ou remarcam as datas, sem prejuízo para os clientes.
  • Tenha lanternas carregadas e pilhas reserva. Carregue os telefones celulares e poupe a bateria.
  • Encha o tanque do carro, você pode precisar se deslocar e os postos de combustível podem ser atingidos e ficar fechados por alguns dias.
  • Reserve água: se for possível encha a banheira ou baldes.
  • Fique dentro de casa, longe de janelas e portas de vidro, preferencialmente em um closet ou banheiro (local longe de janelas e portas de vidro).
  • Acompanhe os noticiários e alertas locais.
  • Siga rigorosamente as instruções dos órgãos oficiais.
  • Faça um estoque de água e mantimentos para você e sua família, para pelo menos 3 dias: 1 galão de água por dia/pessoa, alimentos não perecíveis e que não necessitem de gás ou energia elétrica para o preparo, comidas enlatadas (abridor de latas)
  • Lanterna e radio a pilha
  • Medicamentos, kit de primeiros socorros e produtos de higiene
  • Descartáveis (pratos, colheres e copos)
  • Se tiver bebê, fraldas e alimentos infantis.
  • Mantenha seus documentos e dinheiro em lugares de fácil acesso e dentro de sacos plásticos.
  • Se possível, um extintor pequeno.
  • Evite tomar banho, usar telefone ou tv durante a tempestade.
  • Para obter maiores informações durante uma emergência (como vias fechadas, alertas de evacuação, abrigos disponíveis etc.), contate 800-342-3557

Consulte os sites oficiais, que monitoram e orientam sobre os furacões:

Em Miami : http://www.miamidade.gov/hurricane/

Em Orlando: http://www.floridadisaster.org/index.asp

Abrigos em Orlando: http://floridadisaster.org/shelters/

Mantenha a calma, siga as orientações e tudo dará certo.

 

Qual melhor época para ir para Orlando: Inverno ou Verão???

Captura de Tela 2016-07-29 às 18.41.31

Estamos participando da blogagem coletiva “Viajando nas quatro estações”. A proposta é sugerir roteiros interessantes, de acordo com a estação do ano.

Como em tudo na vida, o equilibrio é sempre a melhor opção e para as viagens, isso faz todo sentido. Porém, Primavera e Outono é época de ano letivo e para quem tem filhos em idade escolar, isso pode ser complicado.

E então, qual a melhor época para ir para Orlando: Inverno ou Verão?

Vamos aos prós e contras de cada um..

INVERNO

Parque estão mais vazios: as aulas nos EUA e vários países voltam na segunda semana de janeiro, então o movimento nos parques é menor que em julho. O movimento nos parques é mais tranquilo até o dia 20 de dezembro e após dia 10 de janeiro. Nas semanas entre Natal e Ano Novo, os parques e outlets ficam lotados.

Natal na Disney é mágico: o clima de Natal nos shoppings, na cidade, nos parques. As festas e paradas especiais de natal sáo realmente diferentes… Elas acontecem em dezembro e até o dia 06 de janeiro.

Chove menos: no inverno, a probabilidade de chuvas é bem menor que no verão.

Inverno ameno: Na Flórida, os invernos não são rigorosos e é bem possível dias bem quentes e ensolarados e noites um pouco mais fresquinhas.

Maratona Disney: Se você é fã de corrida, se programe para participar da maratona disney, que acontece geralmente no começo de janeiro.

Preços mais baixos que julho: Apesar de ser preços de “alta temporada”, os valores de passagem aérea e hotel, costumam se mais baixos que em julho.

Promoções roupas de inverno: A época é ideal para encontrar jaquetas, casacos e boras em promoção.

Anoitece mais cedo: Além de anoitecer mais cedo, os parques costumam fechar mais cedo que no verão

Malas mais cheias: As roupas de frio são muito mais volumosas do que de verão.

Noite de Natal e Reveillon nos parques: Apesar de ser uma data especial, acho que não vale a pena aguentar a lotação nos parques para assistir a queima de fogos especial.

Nem sempre dá para ir nos parques aquático: Mesmo com inverno ameno, nem sempre dará para encarar um parque aquático, principalmente os que exigem uma reserva de data prévia. Além disso, alguns parques aquáticos ficam fechados.

Atrações em manutenção: algumas atrações com “água”ficam fechadas para manutenção.

VERÃO

Aproveitar os parques aquáticos: perfeito para se refrescar nos parques aquáticos.

Curtir a praia: tem praias lindas na Flórida, é uma oportunidade para conhecê-las.

Os dias são mais longos: escurece mais tarde e conseguimos aproveitar mais o dia!

Fugir do inverno brasileiro: deixar seus casacos no Brasil e curtir o Verão americano.

Parques mais lotados: são as férias de Verão dos americanos e os parques costumam ficar lotados de adolescentes!

Calor muito intenso: o calor é bem intenso, tem o choque térmico do calor externo e ar condicionado forte dentro das atrações.

Pancadas de chuva: costuma ter pancadas de chuvas frequentes, porém rápidas.

Conheça outras sugestões de destinos dos blogueiros que estão participando desta Blogagem Coletiva:

Destinos por onde andei… – Primavera em Nova York

– Mariana Viaja – Verão na Espanha: passeios em Barcelona e Madri

– Outro blog – Inverno em Banff | Montanhas Rochosas Canadenses

– A Casa na Mala – Qual a Melhor Época do Ano Para Viajar à Europa?

– Por aí com os Pires – Flórida no verão

– Família Viagem – As cores do outono em Seattle

– Pegadas na Estrada – Outono na Islândia, uma estação surpreendente!

– Viajonários – O que fazer na Califórnia no inverno

– Foco no Mundo – Como sobreviver ao inverno europeu

– O Melhor Mês do Ano – O que levar para o Atacama em cada estação do ano

– Escolho Viajar – Patagônia no verão – a melhor estação para a visitar

– Caixa de Viagens – Alpes italianos – onde curtir o inverno

– Vaneza com Z – 10 coisas para fazer no Verão em Salvador

– Cantinho de Ná – Como é New York na primavera

– Viagens que Sonhamos – Inverno na Serra Gaúcha

– A Path to Somewhere – 10 lugares para curtir o outono em Nova York

– Mochilão Barato – Mochilando no Inverno Europeu

– Viagens Invisíveis – Inverno em Malta, vale a pena?

– Alyssa Prado Blog – 6 Motivos para visitar Floripa no Inverno

– Viajando em Familia – Orlando no Verão ou Inverno?

– Apure Guria! – Sobrevivendo ao inverno na Nova Zelândia

– #KariDesbrava Cinco lugares para curtir o frio no estado do Rio de Janeiro

Ligado em ViagemDobel na Alemanha, muita neve na região de Baden-Württemberg

– Pequeno Grande Mundo – Em Manaus é verão o ano inteiro

– Destino Mundo Afora – Inverno na Serra Catarinense

– The Nat’s Corner – Verão Europeu: O Que Levar na Mala

– Lolepocket – 7 praias do Rio de Janeiro para curtir o verão como os cariocas

– Uma Senhora Viagem – Dois Outonos Diferentes na Europa

– Devaneios de Biela – As Cores e os Contrastes de Cartagena na Primavera

– Baianos no Polo Norte – 10 motivos para visitar Toronto no verão

#viajandonasquatroestacoes

 

 

 

Conhecemos o Crayola Experience em Orlando

Sempre adorei a linha de produtos Crayola, acho que estimula a criatividade e tem produtos super diferentes.

Este ano, fomos conhecer o novo Crayola Experience, que fica no Florida Mall e as crianças amaram!!

IMG_2342

Éramos duas mães e quatro crianças entre 6 e 12 anos e todos adoraram.

A entrada é linda, super divertida. Você compra um ingresso que dá direito a todas as atrações e recebe 3 “moedas”que você pode escolher qual produto customizar : giz de cera personalizado, giz de cera com formato diferente, massa de modelar, canetāo para vidro, entre outros.

IMG_2344 (1)

É obrigatória a presença de um adulto acompanhando o grupo de crianças.

Sāo 25 atracoes, que atende todos os gostos!

Na entrada do evento vocë já começa a tirar fotos super divertidas. Ainda antes de entrar, tem um painel interativo imenso, que você faz o movimento e o “giz de cera” da tela faz o mesmo movimento.

IMG_2346 (1) IMG_2348 (1)

Activity Studio: Um espaço para soltar a criatividade e fazer o que a imaginação permitir com papel, tinta, giz, caneta, cola…

Art Alive: você cria uma imagem num tablet, esta imagem ganha movimento e interação e é projeta na parede.

Be a Star: Em uma máquina, você tira uma foto, esta foto é “transformada”em desenho (apenas traços) e você colore.

Drip Arty: Uma máquina, que você coloca giz de cera de suas cores preferidas, gira a máquina e pronto: cria uma linda obra de arte!!

Magic Color: Uma experiência de realidade aumentada, que você anima seu desenho e ele ganha movimentos.

Meltdown: Pinte com giz de cera derretido! O efeito fica lindo!

Cada criança recebe 2 moedas, para brincar nas atrações escolhidas. As atraçoes que precisam da “moeda””

Wrap It Up: a criança escolhe a cor, fonte e o que escrever e cria seu rótulo personalizado de giz de cera. Depois, passa por uma outra máquina, que cola certinho o giz.

Melt e Moldes: Escolha sua cor favorida, escolha o objeto que quer fazer e observe o gix derreter e depois tomar forma desejada.

Crazy Modeling: muitas descobertas com massa de modelar

O local é fechado, o que pode ser uma excelente opcao para os dias chuvosos ou muito frios.

Não seria legal para criar um anel, tubarões, carro ou lembrança Cavalo marinho fora da pastel de cera? Fazer uma é simples na Melt e Moldes! Basta carregar sua cor pastel favorito na máquina e assistir seu pastel derreter em uma experiência lembrança Crayol

Tem um espaço reservado para comemoraçāo de aniversários. Uma ideia diferente e divertida!

Dentro do local, tem um café gostoso para um lanche rápido.

As crianças menores (e as maiores também) podem gastar toda a energia no playground todo tematizado

No final da atividade, tem uma loja gigante e linda da Crayola! Como tudo que você pode imaginar!! Canetas e giz de cera individual, de todas as cores, pelúcias, lousas e muito mais.

O ingresso custa US$ 22,99 na bilheteria e R$ 18,99 direto no site, neste link.

Se você mora na região, o ideal seria comprar o passe anual (US$ 34,99) e ter acesso ilimitado!

Se tiver um tempinho, recomendo muito o passeio (principalmente se tiver previsão de algum dia chuvoso), as crianças adoraram!!

 

14 Doces deliciosos para experimentar na Disney / Orlando

Alguns alimentos, principalmente doces, em o poder de ficar em nossa memória, durante muito tempo… Alguns doces que só encontramos na Disney ou nos Estados Unidos, sáo imperdívies!!

1. Mickey Bar

O famoso sorvete no formato da cabeça do Mickey. É um sorvete de baunilha com cobertura de chocolate. Você encontra apenas nos parques e hotéis Disney e custa em média US$ 3,50.

Slide1

2. Mickey`s Waflle

Um waflle com a carinha do Mickey. Você encontra nos parques, hoteis e navios da Disney. Se quiser, você pode comprar a maquininha e fazer os waflles em sua casa.

waflle maquina waflle

3. Funnel cake

Lembra o nosso famoso bolinho de chuva, só que é frito de forma diferente (também imerso em óleo). Você come com ou sem cobertura (eu gosto só com açucar e canela). Sáo vendidos nos Parques e no Disney Springs. Os valores variam de US$ 7,00 a US$ 11,00.

funnel cake

4. Panquecas

Super tradicionais, você encontra em todos os hotéis e restaurantes. Tem várias opcóes de coberturas , doces ou salgadas.

panqueca

5. Cinnamon roll

O cheiro é maravilhosos!! Sáo fatias de páo, enrolados com canela e açucar. Você encontra nos shoppings e outlets. Tem agumas opcoes nos supermercados (congelados ou no setor de pães e padaria).

cinamon

6. Cheesecake

Os mais famosos sáo da Cheescake Factory, tem várias versóes e sabores. Experimente! Se quiser matar a vontade, no Sam`s Club vende a torta inteira da Cheescake Factory.

cheescake

7. Churros

Não espere encontrar os churros recheados de doce de leite ou nutela. Os churros vendidos nos parques é bem comprido e sem recheio, mas é uma delicia.

churrros

8. Macaron com sorvete morango

Um sanduiche de macaron com sorvete de baunilha, que você encontra no pavilháo da França na Epcot.

Slide1

 

9. Mickey ice cream sanduiche

Um “sanduiche” de sorvete e bolacha, com a carinha do Mickey. Você encontra nos parques da Disney.

Slide1

10. Mickey`s Kitchen Sink Sundae

O famoso sorvete da pia do Mickey, é gigante, sáo tres bolas de sorvete, chantilly, gotas de chocolate, cereja e você leva a pia para casa!! Vendido no Magic kingdon (Main Street) e no Beach Club.

Slide1

11. Maça caramelizada Mickey

As maças sáo cobertas de chocolate e tematizadas. Você encontra nos parques da Disney.

maça mickey

12. Fudge

É um doce em barra, tipo um caramelo, com recheios ou ingredientes diferentes. Você encontra nos parques e nos shoppings.

fudge

13. Muffin

Sáo deliciosos, básicos e fazem parte da café da manhá de todos os hoteis e você também acha facilmente nos mercados.

muffin

14. Dipping Dots ice cream

Um sorvete de mini bolinhas e bem colorido. Você encontra nos shoppings e alguns parques.

dipping dots

 

Temos 14 sugestões, quem sugere a 15?

10 Dicas para acumular milhas extras

Os programas de milhagem existem para fidelizar os clientes e ajudar a acumular mais milhas. Vejam algumas dicas de como fazer para acumular mais milhas.

viajar avião barato

1. Cadastre-se nos programas de milhagem das cias aéreas

Claro que o ideal é concentrar seus vöos em um único programa de milhagem mas como nem sempre isso é possível, faça novos cadastros, se voar por outra cia, mas náo deixe de pontuar!

2. Não esqueça de cadastrar seu número no embarque ou reserva

Lembre-se de informar seu numero de  fidelidade no ato do check-in e depois checar se os pontos foram lançados.

3. Escolha seu cartão de crédito

Atualmente, todas as bandeiras oferecem cartões de crédito que acumulam milhas. Escolha o que tem mais o seu perfil e concentre suas compras neste cartão. Verifique qual cartáo oferece melhor relaçao custo x beneficio e milhagem.

O site melhores destinos, fez um ranking com os melhores cartões.

4. Sua opinião vale pontos – Tripadvisor

Se cadastre no site e avalie hotéis, cias aéreas, restaurantes e ganhe pontos Multiplus. Cada tipo de estabelecimento tem uma pontuação diferente. Fazer o bem, ajuda a todos!

5. Abastecendo o carro

A rede Ipiranga de postos, tem um programa KM de vantagens e seu principal “trunfo” é a possibilidade de transformar seus pontos em milhas.

Você faz o cadastro no site e neste momento já ganha 650 km

Cada vez que abastecer, voce precisa pedir para lançar os pontos no seu KM de vantagens, através do seu cpf.

Você ganha 400 km cada vez que for no posto e abaster entre R$ 30,00 eR$ 100,00

Abasteça sempre no mesmo cpf

Se você indicar um posto preferido,seus pontos, quando abastecer neste posto, serão dobrados.

Se fizer o cartão do Ipiranga km de vantagens, e a cada real, você ganhara 4 km.

6. Vender o que não usa mais – OLX

Cada anúncio que você faz na OLX vale 200 pontos no KM de vantagens!

7. Locação de carro

Antes de alugar um carro, verifique se a locadora é parceira de algum programa de milhagem.

8. Reserva de Hotel

Várias redes de hotel sãoparceiras de programas de milhagem , verifique se se hotel faz parte de alguma parceria e ganhe milhas.

9. Compras online

Em alguns sites de compra, você pode ganhar pontos apenas comprando produtos que você precisa para o seu dia-a-dia.

  • Ponto frio, Magazine Luiza = R$ 1,00 = 1 pontos multiplus
  • Droga Raia = R$ 2,00 = 1 ponto multiplus
  • Easy taxi = até 20 pontos por corrida
  • Natura (online) = R$ 1,00 = 3 pontos multiplus
  • PBkids (apenas través deste link www.pbkids.com.br/multiplus terão direito ao crédito da pontuação) = R$ 1,00 = 4 pontos multiplus
  • Compra certa = R4 2,00 = 1 ponto multiplus
  • Estacionamento Cumbina (Br express) = R$ 1,00 = 1 ponto multiplus
  • Apple (apenas através deste link http://multipl.us/Apple) = R$ 1,00 = 1 ponto
  • Casas Bahia = R$ 2,00 = 1 ponto multiplus
  • Cori , CNS, Eme = R$ 1,00 = 1 ponto multiplus
  • livraria cultura = 3,33 pontos cultura = 1 ponto multiplus
  • Walmart  (http://www.walmart.com.br/multiplusfidelidade)- R$ 10,00 = 15 pontos fidelidade
  • assinatura de revistas
  • Figueira Rubayat, Churrascaria esteio, Don Curro, Dona Lucinha = R$ 1,00 = 1 ponto multiplus

10. Estacionamento

Os estacionamentos próximos aos grandes aeroportos, participam dos programas de milhagem e você pode ganhar pontos.

Monitore sempre seus extrato de milhagem, para não deixar expirar..

E você, tem alguma dica especial?

 

 

 

 

 

 

O que fazer em Curitiba com crianças

Fomos para Curitiba em um feriado de quatro dias, com duas crianças de 13 e 11 anos.
Como chegar
Fizemos o trajeto de São Paulo a Curitiba de carro, fomos pela Régis Bittencourt (pelo litoral) e foi bem tranquilo. Achei a estrada boa e fizemos em menos de 5 horas.
De avião, tem várias promoções também.. Só precisa pesquisar com um pouco de antecedência..
Onde Ficar
Ficamos no Hotel Mercure, no bairro Battel (bem no centro de Curitiba). Como estávamos de carro, foi bem tranquilo. Tudo lá é bem perto e tem 2 shoppings que dá para ir a pé.
O hotel é uma boa relação custo x benefício. O café da manhã é bom, minha única reclamação é por conta do sofá cama (onde as crianças dormiram). Achei vem desconfortável e o lençol era bem curto (e escapava a noite)…
O que fazer
A cidade é linda, super organizada e tem muita opção de lazer.
Jardim Botânico 
Um dos lugares mais bonitos de Curitiba. Um imenso e bem cuidado jardim, com a famosa estufa que foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres, do século XIX e dentro da estufa tem espécies da mata atlântica.
FullSizeRender (3)
Em frente a estufa tem um jardim geométrico, jardim das sensaçoes (onde é possível tocar nas plantas, sentir as texturas, aromas).
Espaço Cultural Frans Krajcberg estava fechado, com uma placa informando que por problemas de uso do nome do artista, o espaço estava temporariamente fechado.
IMG_4622
Funciona diariamente das 6h00 as19h30. Fica na rua Engenheiro Ostoja Roguski, s/n°. Entrada grátis.   Mais informações aqui.
Bosque do Alemão
O bosque é lindo e foi uma homenagem aos imigrantes alemães.
Na entrada, tem um portal que é uma réplica das casas alemãs.
IMG_4644
Siga a trilha de “João e Maria” e  no trajeto, tem painéis que contam a história criada pelos irmãos Grimm,  dos dois irmãos que se perdem na floresta é contada durante o trajeto, que termina na casa da bruxa (que é uma biblioteca infantil). O que achei interessante, é que a biblioteca que funciona na ˜casa da Bruxa”e tem contadores de história, estava fechada, por ser feriado (era emenda de feriado).
 IMG_4654
Suba até  o mirante da Torre dos Filósofos e tenha uma linda vista da cidade. Depois, vá até  o Oratório Bach ,  uma réplica de uma antiga igreja presbiteriana.

Funciona todos os dias, das 8h às 18h. Local: Rua Nicolo Paganini esquina com rua Schubert, Vista Alegre. Mais informações aqui.

Também conhecido como “Museu do Olho”, é o principal museu da cidade  e destino para todos os visitantes. A arquitetura é linda! Realmente é incrível pensar como o prédio se sustenta.. Tem algumas exposições permanentes (obras do arquiteto) e algumas exposições temporárias de arte e fotografia.. Confesso que achei a arquitetura do prédio muito mais interessante do que as exposições…

 

foto: divulgação

Funcionamento:terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada custa R$ 12,00 e crianças, estudantes e idosos pagam R$ 6,00. *No primeiro domingo de cada mês, a entrada  é de graça (mas deve ter fila). Mais informações aqui.

Museu Egípcio

Foi uma recomendação do professora de história dos meus filhos e eles estavam loucos para conhecer. Fomos duas vezes e estava fechado. Os horários de visita são bem restritos (sábado só funciona das 14 as 17 horas). Ele é mantido pela Ordem Rosacruz.

Acredito que seja o maior acervo da história do Antigo Egito e do mundo dos faraós, porém as peças não são originais e tem uma mumia que parece real!

Fica na rua Nicarágua, 2620 – bairro Bacacheri.  A entrada é de graça.

IMG_1831

O que ficou faltando em nossa viagem (a teremos que voltar KKKK)

Ópera de Arame
O teatro é muito original, com estrutura tubular em aço e teto transparente.  Fica em uma cratera de uma antiga pedreira, desativada.
Funciona de terça a domingo, das  8h às 21h. Entrada grátis.
* No dia que fomos visitar, teria um grande show de uma rádio e toda a área estava isolada e já tinham filas para o show…
 Torre Panorâmica / Oi
Também conhecida como Torre Telemar, tem quase 110 metros de altura e uma visão geral de Curitiba. A subida é feita por elevador convencional. O ingresso custa R$ 7,00 e R$ 3,50 crianças até 9 anos. Tinha uma fila de mais de 40 minutos para comprar ingresso e subir. Funciona todos os dias das 10 as 19h00.
Parque São Lourenço
Se você curte carrinhos de rolimã,  precisa conhecer esta pista que fica no Centro de Criatividade de Curitiba, um espaço com exposições e atividades artísticas para crianças.
Parque Barigüi
Além do pavilhão de exposições da cidade, onde acontecem as grandes feiras comerciais, o lcoal é enorme e lindo! Tem lago,  pedalinho, parque de diversões, churrasqueiras ao ar livre e gratuitas, ciclovia, restaurante e até um museu do automóvel. e
Bosque do Papa
O bosque foi criado para homenagear os imigrantes poloneses e foi  inaugurado quando o papa João Paulo II visitou Curitiba, em 1980.
Funciona todos os dias das 6 as 20 horas e a entrada é grátis.

Endereço: Mateus Leme, logo depois do portal polonês

Paço da Liberdade

O Paço da Liberdade é hoje um espaço cultural administrado pelo Sesc. Mas em 1916, quando foi inaugurado, serviu de sede para a prefeitura de Curitiba. O prédio mistura o estilo neoclássico e a art-nouveau e é o único imóvel de Curitiba tombado pelas três instâncias do Patrimônio Histórico (Nacional, Estadual e Municipal). No terceiro andar, fica a antiga Sala de Atos, onde os vereadores se reuniam para discutir e aprovar as leis municipais. Os móveis da época continuam lá. As pinturas das paredes e do teto foram restauradas. Ao lado, fica uma réplica da sala onde trabalhava o prefeito Cândido de Abreu. Um passeio imperdível.

note o horário de funcionamento do Paço da Liberdade: de terça a sexta, das 10h às 21h, aos sábados, das 10h às 17h, aos domingos, das 11h às 17h. Para saber mais sobre a programação cultural do Sesc Paço da Liberdade acesse aqui.

Não visitamos, questionamos um pouco o turismo com animais e além disso, tinhamos pouco tempo.. A entrada é gratuita e tem muitas espécies animais.  Funciona de terça a domingo, das 9h00 as 17h00.
Parque Tangá: Um parque que faz parte de um projeto de recuperação de Barigui. Tem mais de  235 mil m2 de área verde. Fica na Rua Oswaldo Maciel, s/ n°. Funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia.
Capela Santa Maria

A capela existe desde 1939 e hoje recebe vários concertos. Aproveite e visite também o teatro Guaíra.

Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273. Funciona de segunda a sexta, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00, mas consulte  a programação e horário dos concertos.

Santuário de Schoenstatt

Também conhecida como Santuário Tabor Magnificat, é uma pequena igreja em homenagem à Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Independente de sua crença, o lugar é lindo, tranquilo e acolhedor. Vale a visita.

Onde comer:

Isso não será um problema em Curitiba! Tem realmente opcões muito boas..

Santa Felicidade:  é o reduto italiano, que concentra as melhores cantinas da cidade. A maioria são restaurantes bem grandes, com rodízio de massas, polenta, frango e algumas especialidade de carnes.

Madalosso: é muito antigo e tradicional, tem uma unidade antiga e uma nova (um em frente ao outro). É comum servirem massas com recheio doce (conchiglione de figo, raviolli de romeu e julieta) e o tradicional nhoque frito. Se gosta de vinho, aproveite! Curitiba tem bons vinhos locais.

* Esta no livro do Guiness como o maior restaurante do mundo em número de refeições.

Madero: uma hamburgueria linda, super estilosa, com deliciosas opções (minha amiga comeu o hamburger fit e adorou! Tem várias unidades espalhadas por toda a cidade e algumas tem um salão de games, que as crianças pagam um valor único e se divertem o tempo todo.

Hard Rock : tentamos duas vezes: na primeira, chegamos as 21h00 e tinha 2 horas de fila e depois 2 horas de espera!!! Voltamos no dia seguinte e chegamos as 19h00 e já tinha 2h30 de espera!! Desistimos, com dor no coração. O restaurante é lindo, tem uma guitarra de cristal pendurada no teto, incrível!!

IMG_1804

Goodies : uma cookeria, café, loja de cupcake… não sei ao certo como classificar, mas é um lugar super fofo e aconchegante, com um atendimento ótimo e produtos super gostosos.

IMG_4737

O que comprar:

A culinária italiana  é bem presente na região, aproveite para comprar queijos, salames, massas frescas, vinho, pinhão…

Roubadas

Rua 24 Horas  é um corredor coberto entre duas ruas e as 23h00 tinha apenas 2 lojas abertas e achei o local bem abandonado… Uma pena! p

 

Blogagem Coletiva: O que meu filho aprendeu viajando

Adorei a ideia do grupo Blogueiros de Viagem, com o tema :  que meu filho aprendeu viajando.

blogagem coletiva

Eu acredito muito que o que  fica em nossa memória são as experiências, as vivências e as viagens são estas experiências diferentes do cotidiano e vividas de forma muito intensa.

Sempre gostamos de viajar com nossos filhos, desde pequenos. Eles crescem muito rápido e quero curtir cada minuto, hoje, já estão com 11 e 12 anos e quando olho para trás, vejo quanta coisa boa e quanto aprendizado estas viagens trouxeram.

Planejamento:Tudo na vida, quando planejado tem chances maiores de dar tudo certo. Uma viagem planejada, geralmente é melhor aproveitada. Meus pequenos são “ratinhos”da internet, pesquisam destinos, atrações, reviews de hotéis…

Economia: por serem um pouco mais velhos, eles já tem esta consciência do valor do dinheiro e eles mesmo sugerem trocar festas de aniversário (e outras despesas do dia a dia) para “guardar”dinheiro para viajar. Pesquisam preços de passagens aéreas, já sabem que as vezes alterando 1 ou 2 dias ou valores caem muito. Conhecem as moedas dos lugares para onde já fomos e para destinos que eles acham interessantes e sabem (não de forma correta), transformar em reais.

Geografia: o interesse em viajar é perfeito para entender e gostar de geografia. Eles gostam muito e sabem inúmeras capitais, estados e países. Tem noção de hemisfério norte, sul, oriente, ocidente, fronteiras, diferentes estações do ano, fuso horário… Vou lançar a campanha #geografianaprática nas escolas

Linguas: gostam muito de inglês e espanhol e se arriscam a falar. Sabem a importância que aprender e falar outras línguas tem. Se interessam também por outros idiomas e se pudessem, o Gabri estaria estudando italiano e a Mamá francês.

Lidar com imprevistos: a vida é cheia de imprevistos e nem tudo o que planejamos acontece como gostaríamos. Em viagens, por estar fora do nosso dia-a-dia, estes imprevistos acontecem com mais frequência ou ficam mais evidentes. Entender e aceitar que o vôo foi cancelado, que teremos que esperar mais 4 horas no aeroporto, que termos que ir ao parque com chuva, que não vamos conseguir fazer algumas coisas programadas, que o hotel reservado não é tão bom quanto imaginamos. Faz parte da vida ter frustrações e lidar com elas..

União e ajuda mútua: a regra aqui em casa é que todos nos ajudamos, eles carregam suas malas, ajudam a pedir táxi, pedem seus lanches…

Conhecimentos Gerais: o interesse em viajar desperta a curiosidade para descobrir novos lugares, eles conhecem (mesmo sem nunca ter ido), vários países, suas capitais, cidades e pontos turísticos. Na escola, relacionam alguns fatos com mais facilidade.

Acho que é muito aprendizado, vivenciado de uma forma inesquecível!!

Veja o que outros filhos, das famílias viajantes aprenderam!

1 – Viagens que Sonhamos
2- Felipe, o pequeno viajante
3- Malas e malinhas
4 – As Passeadeiras
5 – Do RS para o Mundo
6 – Família Viagem
7- Viagem Simplesmente
8- TripBaby
9- Ases a Bordo
10 – Malas e Panelas
11 – Vem Pro Parque
12 – No Mundo com a Gente
13 – Trilhas e Cantos
14 – Gosto e Pronto
15- Valentina na estrada
16- Retrip Viagens e Experiências
17 – Para a Disney e além
18 – Wanna Disney Pelo Mundo
19 – Com Filhos por aí!
20 – Cuore Curioso
21- Andreza Dica e Indica Disney
22 – Viajo com Filhos (Fernanda)
23 – Por aí com os Pires (Line Pires)
24 – Vida de Viajete:
25 – Cantinho de Ná (Cynara Vianna)
26. Viajo com Filhos (Patricia)
27. Carregando Malinhas (Aline Figueiredo)
28. De Primeira Viagem (Aline Aguiar)
29. Roteiro Renatours
30. Ferinhas Viajantes (Ana Paula Lima)
31-Os Caminhantes
32- Dicas da Rege
33 – Viajando em Família
34 – Pequenos pelo mundo
35 – Passeiorama
36. O Rei do Hotel
37. Vou Viajar

 

 

 

25 Atrações Grátis em Nova York – com ou sem crianças

Viajar e se divertir não precisa ser sinônimo de gastar muito. Tem muitas atrações e passeios, que não custam nada ou quase nada.

Vejam as minha 25 dicas grátis de Nova York.

1. Central Park

O gigante e famoso parque, que fica no coração de Manhattan e que já foi cenário de tantos filmes, te oferece várias atrações: caminhar, visitar o zôo…

Passeio obrigatório e imperdível. Merece um post apenas das suas atrações. Uma boa opção é um piquenique: leve água, sucos e lanches, uma toalha e escolha o melhor lugar. Será um momento inesquecível.

central-park

  • Localização: Fica entre a West 110th Street (ao norte), West 59th Street (ao Sul), 8th Avenue (a oeste) e 5th Avenue (a leste).
  • Preço: GRÁTIS

2. Estátua da Liberdade – Liberty State

Uma dos principais ícones de NYC, foi um presente da França para os Estados Unidos, e representa a Deusa Romana da Liberdade “Libertas”. Ela tem um tocha nas mãos e um tábua das leis e a data da independência dos EUA.

Existem várias opções de  passeios, mas se não quiser gastar nada, você pode  pegar a balsa para Staten Island. São 5 barcas que transportam gratuitamente mais de 60 mil passageiros por dia, de um lado ao outro da ilha. As balsas saem diariamente, até as 15h30. Em Staten Island não tem nenhum atrativo, a sugestão é apenas descer da balsa e pegar a fila, para voltar imediatamente.

Para tirar as melhores fotos, fique do lado direito na ida e do lado esquerdo na volta.

Estátua da Liberdade - Liberty State

  • Funcionamento: das 9h às 15h30 (último retorno às 17h)
  • Preço: Grátis
  • Como chegar: Pegue a linha 1 do metro e desça na estação Whitehall e vá até o terminal Staten Island Ferry.
3. High Line Park

Um parque  elevado, lindo e bem arborizado e que foi construído em uma antiga estação de trem. Tem 2,5 km de comprimento e ótimas vistas da cidade, passando por três bairros.

High Line Park

  • Local: Gansevoort St. W. 30 St. entre Washington St. e 11th Avenue. (mas você pode acessar o parque por outras entradas  na 14th,16th,13th e 30th Street (elevador) e 18th, 20th. 26th,e 28th.
  • Funcionamento: Diariamente, das 7h às 23h
  • Preço: GRÁTIS
  • Como chegar: Linhas L,  A. C, E para 14th Street & 8th Avenue

4. Ponte do Brooklin – Brooklyn Bridge

A mais famosa ponte de Nova York,  foi a primeira ponte suspensa, por cabo de aço do mundo.

Um dos principais ícones de Nova York, a ponte tem dois quilômetros e liga o Brooklyn à Manhattan, passando pelo River East.

Não perca a oportunidade de fazer a travessia a pé ou de bike. Demora em média 30 minutos e você terá uma visão magnifica da ilha. O período mais indicado para este passeio é pela manhã, quando você pode ver o reflexo no skyline de Manhattan. Você encontrará uma marcação para pedestres e para ciclistas.

ponte Brooklin

  • Como chegar: Se quiser começar sua travessia por Manhattan (metrô até a estação City Hall) ou se preferir começar pelo Brooklyn (metrô até a estação High St.).
  • Preço: GRÁTIS

5. Memorial de 11 de setembro

Marco zero em homenagem às vitimas de 11 de setembro. São duas piscinas quadradas, exatamente nos lugares onde ficavam as torres e tem o nome de todas as vitimas gravado. Reserve com antecedência pelo site e você receberá por email. O acesso ao local é bem rigoroso, é preciso reservar ingresso para todos os visitantes, inclusive bebês e a grafia dos nomes precisa estar correta. Reserve com antecedência, pois esgotam facilmente. É preciso chegar 15 minutos antes do horário agendado.

memorial 11 de setembro

  • Horário: Das 10h00 as 6h00 da tarde.
  • Preço: Grátis
  • Como chegar: Pegue as linhas A, C, J, Z, 2, 3, 4 ou 5 e desça na Fulton Street.

6. Chrysler Building

Possui 77 andares, 319 metros de altura e coroa de aço inoxidável, com arcos brilhantes e janelas triangulares vazadas, semelhantes ao radiador de um automóvel. O metal utilizado “Nirosta”, reflete a luz do sol como o chassi de um carro novo. Abaixo, tem oito cabeças de águia, iguais ao do capô do Chrysler Plymouth.

É um dos prédios mais lindos do mundo: tanto sua estrutura externa, como seu lobby e até seus elevadores.

Foi construído em 1930 e o primeiro prédio o a ultrapassar os 305 metros de altura. Foi até televisionado.

Não é permitido subir no prédio, mas você pode conhecer o lobby e tirar fotos.

Chrysler Building

Para tirar fotos, o ideal é quando você visitar o Empire State.

  • Funcionamento: Horário comercial
  • Local: 405 Lexington Avenue (esquina com a 42nd street)
  • Como chegar: Pegue as linhas 4, 5, 6 ou 7 e desça no Grand Central Terminal.
  • Preço: GRÁTIS

7. Chinatown

A maior comunidade Chinesa no Ocidente.  Um bairro repleto de restaurantes, lojas e galerias de arte e vários camelôs, vendendo produtos de origem duvidosa. A língua e os costumes estão presentes neste lugar. Pode parecer um pouco sujo e tumultuado para alguns, mas vale a pena conferir e tirar suas próprias conclusões.

Caminhe a pé por suas ruas , a principal é a Mott Street (entre a Canal Street e a Park Row).

Chinatown

Como chegar: pegue p metro 6 / N / R / Q / J / Z e desça na Canal Street

8. Little Italy

Era o reduto dos imigrantes italianos em Nova York e conta com várias lojas e restaurantes
típicos.
Little Italy
Local: Mulberry Street entre a Broome e a Canal Street
Como chegar: Metro 6 – desce na Mulberry Street / Metro N ou R – desce na Prince Street.

9. Gran Central Terminal

Um terminal de metro e trem, que é uma obra de arte!  Foi cenário de vários filmes (famoso relógio do Hall do filme “O pescador de Ilusões”) e as escadarias do filme “Os intocáveis”.Lembra um museu ou palácio, com pé direito altíssimo, o teto é todo decorado com símbolos do zodíaco.Gran Central Terminal

  • Localização: Entre a Lexigton St e Park Ave, na 42th St.
  • Preço: Grátis

10. The Cathedral of St John – The Divine Cathedral

Começou a ser construída em 1892 e ainda não foi concluída, será a maior catedral do mundo, com mais de 180 metros de comprimento e 45 metros de largura.

  • Localização: 1047 Amsterdam Ave com 112th St
  • Como Chegar: pegue o metro 4 ou 9 e desça na Cathedral Parkway e caminhe até o local.
  • Preço: Grátis, mas se desejar, pode fazer uma doação

11. Columbia University

Já está pensando no futuro dos seus filhos? Fica com o cabelo em pé, só de imaginar que eles vão crescer e podem estudar fora longe dos seus cuidados?

De qualquer forma, acho que vale uma visita na Columbia University, a mais antiga universidade de Nova York e onde Barack Obama estudou, além de Franklin Roosevelt e Theodore Roosevelt.

Columbia University

  • Local: 116th Street and Broadway – New York
  • Preço: GRÁTIS
  • Como chegar: ônibus (linhas M4, M5, M11, M60, M104)  ou metrô (linha 1)- estação 116th Street.

12. Dakota Building

Se você é fã dos Beatles vai adorar conhecer o prédio que John Lennon morou de 1973 a 1980.  O edifício Dakota foi construído em 1884.

Dakota Building

  • Local: 1 West 72nd Street esquina com Central Park West
  • Preço: GRÁTIS
  • Horário: Não é permitida a entrada, apenas passar em frente do prédio.

13. Harlem

O bairro gótico é um passeio obrigatório para quem curte jazz e gospel. Se possível, vá a uma missa na Abyssinian Baptist Church e veja o Coral Gospel. Atenção para a roupa, pois não é recomendado roupas curtas e bermudas para assistir aos cultos.

Se você acha que é impossivel ir aos EUA e não ir em um Target, em Harlem irá no primeiro Target de Manhattan. Fica na 517 E 117th St próximo do Costco. (Quem já trabalhou no Varejo, não consegue fazer uma viagem sem visitar um supermercado!!!)

Não vacile com a segurança, fique próximo das ruas 110th (Central Park North), 116th e 125th  e dos metrôs A-B-C-D e 2-3. A noite, evite a linha verde.

14. St Patrick Cathedral

A maior igreja católica dos Estados Unidos, é a sede da arquidiocese de Nova York. É uma igreja paroquial com uma linda arquitetura neo-gótica, que se destaca na 5th Avenue. Tem capacidade para 2000 pessoas sentadas.

st patrick

  • Localização: 5th Avenue, entre a 50th e 51th Street
  • Funcionamento: diariamente, das 06:30 am às 8h30 pm

15. Sony Wonder Techonology lab 

Um museu de tecnologia da Sony, cheio de novidades! Um robô que dá boas vindas, um elevador que parece do futuro.
  • Funcionamento: Todos os dias (exceto segundas-feiras) das 9h30 as 17h30.
  •  Localização: 550 da Madison Ave. com 56th Street
  •  Preço: Grátis, mas é recomendável reservar com no minimo 7 dias de antecedência, por telefone (212) 833-8100 (terça a sexta-feira). Se não conseguir a reserva, pode tentar pegar o ingresso no mesmo dia, porém, tente chegar cedo, pois os ingressos são distribuídos por ordem de chegada.

16. Playgrounds

Inúmeros playgrounds, espalhados por toda a cidade! Só no Central Park são mais de 20!

17. Times Square

Cartão postal de Nova York, a esquina mais iluminada e movimentada do mundo. Visite a loja da Disney, Hersheys e MM`s.

18. Wall Street

Conheça o centro financeiro do mundo! Dizem que passar a mão no touro ícone de Wall Street atrai dinheiro..

19. Bryant Park

No inverno tem um rinque de patinação e no veráo, vários shows e concertos ao ar livre e grátis.

20. Battery Park 

De onde saem os  tours (pagos) para a estátua da liberdade. Ele é todo arborizado, enorme e um dos melhores lugares para ver o por do sol.

21. Passeio de Bondinho para Roosevelt Island – Tram

Um passeio simples, mas diferente e interessante. Você pega o bondinho na estação, que fica na 2th Avenue com a 59th Street e em menos de 5 minutos estará em Roosevelt Island.

Lá não tem nenhuma atração, o que vale é a vista do alto do bondinho e o melhor é que se você tiver o metrocard, não pagará nada pelo passeio!!Tem capacidade para 125 pessoas por viagem e se você preferir, pode fazer o passeio no final da tarde: a vista é linda!

Bondinho para Roosevelt Island

  • Funcionamento: todos os dias, das 6 as 2 da madrugada.
  • Preço:  US$ 2,25 (ida e volta) ou Grátis, se você tiver o Metrocard 

    22. East River Ferry

    Desde 2012 tem um novo serviço de ferry, que são em barcos menores, de dois andares e atravessam o East River, passando pela Brooklyn Bridge, Manhattan Bridge, Williamsburg (norte e sul), Long Island, Greenpoint – Brooklyn.

    East River Ferry

     

    • Como chegar: Pier 11 da 34th St com a 1st Ave
    • Preço: US$ 4,00 o trajeto, não importa onde você desça, mas se sair do Ferry, terá que comprar um novo ticket.

23. Loja Disney

A loja da Disney fica na Times Square, tem 3 andares, totalmente tematizada e com produtos lindos e exclusivos.

24. Lojas Mm`s e Hersheys 

Os amantes de chocolate não podem deixar de visitar estas duas lojas. Na MM`s tem várias atrações e até um cinema 3D.

25. Mega Apple Store 

A imensa loja com todas as novidades de tecnologia.. Entrar na loja é de graça, agora o resto é por sua conta..

Viu só como dá para se divertir gastando nada ou quase nada?

E voce, tem alguma dica?

 

Receita macarrão com queijo e camarão do Bubba Gump

Meus filhos amam o Shrimp Mac & Cheese do Bubba Gump. O prato é servido em uma frigideira pequena, gratinado e vai direto à mesa. Um dos itens mais baratos do cardápio (custa U$ 10,49) e serve bem uma pessoa.

Bubba Gump Shrimp Co. restaurants are in top destinations across the United States.an active member of the Daytona Regional Chamber of Commerce www.daytonaregional.com:

Me prontifiquei a ˜tentar” fazer o prato aqui e minha primeira dificuldade foi não encontrar nenhuma receita em português, além do tempero cajun (que não é comum – achei da marca Bombay no St. Marchê) e do queijo Monterey Blue (que não é comercializado no Brasil e eu substitui pelo meia-cura).

Juntei duas receitas e ficou assim:

Shrimp Mac & Cheese – Bubba Gump (Macarrão com queijo e camarão do Bubba Gump)

Ingredientes
500 gramas de macarrão tipo cotovelo (preparados de acordo com as instruções da embalagem)
8 colheres de manteiga
500 gramas de  camarão médio e limpo
1 colher de chá de tempero Cajun
1 colher de sopa de cebola em flocos ou natural ralada
3 colheres de sopa de farinha de trigo
3 xícaras de leite
1 xícara de queijo parmesão ralado
2 xícaras de  queijo cheddar ralado (coloquei apenas uma)
2 xícaras de queijo ralado Monterey Jack (eu coloquei metade de meia cura e metade de parmesão ralado)
1 colher de chá de salsinha
3 colheres de farinha de rosca

Modo de Fazer
Cozinhe o Macarrão, de acordo com as orientaçōes da embalagem

Lave o camarāo, escorra. Derreta 3 colheres de manteiga , coloque os camarões e 1/2 colher de chá de tempero cajun e cozinhe por 3  a 4 minutos. Retire o camarão da panela e reserve.

Derreta 2 colheres de manteiga, coloque a cebola e refogue por 1 minuto. Misture a farinha de trigo e cozinhe por mais um minuto e em seguida acrescente o leite e cozinhe por 4 minutos (cuidado para não ˜empelotar”- se acontecer, tire do fogo e bata no liquidificador.

Misture o queijo cheddar e o Monterey (Meia cura e parmesão) até ficar uma mistura lisa e homogênea.

Coloque sal e pimenta  a gosto.

Unte um refratário com manteiga, misture o molho, camarão e macarrão cozido, coloque no refratário. Coloque o queijo ralado, farinha de rosca, 3 colheres de manteiga derretida, salsinha, 1/2 colher de tempero cajun por cima e leve ao forno por mais ou menos 45 minutos ou até ficar dourado.

Sirva quente!!

 

 

O que tem de novo em Disney Springs: restaurantes, shoppings, atracões.

Depois de uma grande reforma, Disney Downtown passa oficialmente a ser Disney Springs.

Ainda mais encantador, Disney Springs possui três áreas : West EndMarketplace e Pleasure Island,  muita natureza (jardins, árvores e riachos) e mais de 150 lojas e restaurantes.

A encantadora World od Disney ficou ainda maior e continuam a Bibbidi Bobbidi Boutique, Lego Store, Disney days of Christmas (uma loja permanente de Natal), além de outras lojas de moda (Zara), perfumaria (Loccitane), Pandora, Harley Davidson e tem até um Havaianas.

Tem novos restaurantes inspirados no Indiana Jones, Rain Forest Café, Food Truck (tendência nos EUA), Starbucks, Guirardelli, Haagen-Daaz, Planet Hollywood, entre outros.

Para a diversão, Disney Springs tem cinemas, show do Cirqu du Soleil, dj animando as crianças perto do lago e o Disney Quest (parque indolor da Disney)

No site Disney Springs, você encontra o mapa e todas as lojas, restaurantes, atrações e horários de funcionamento.