Londres: Informações básicas para sua viagem

Londres é a capital da Inglaterra,  um dos países que compõem o Reino Unido e que controla politicamente seus vizinhos (País de Gales e Escócia) desde o século 19, quando o Império Britânico tornou-se uma potência mundial.

Arquitetura, Construção, Cidade, Escuro, Crepúsculo

A ilha fica na Europa, tem aproximadamente 230 km2, é banhada pelo Oceano Atlântico Norte.

O Reino Unido é um Estado formado pelos três países localizados na Grã Bretanha (Inglaterra, País de Gales e Escócia) e a Irlanda do Norte. A rainha Elizabeth II é a chefe de Estado e um primeiro ministro é nomeado pelo parlamento. As grandes decisões são tomadas pelo Parlamento.

Como chegar:  Tem vôos diretos e com escala do Brasil para Londres. Além disso, a grande maioria das cidades da Europa tem vôos para Londres, além do Eurostar, trem de baixa velocidade ou travessias por ferry.

Moeda:  a moeda local é a libra (que é mais cara que o dólar e do que o Euro). É uma cidade cara, porém tem muitas atrçoes grátis.

Como se locomover: o sistema de transporte de Londres é realmente de primeiro mundo.

Londres, Trem, Escudo, Lâmpada, Ônibus, Reino UnidoMetro: o sistema de transporte de Londres é realmente de primeiro mundo. O metro é bem moderno e cobre grande parte da cidade e dos arredores. A maioria das estações tem escada rolante e/ou elevadores . O ideal é comprar o cartão Oyster, carregá-lo e no final da viagem, o saldo é devolvido. O valor da passagem do metro varia de acordo como trecho percorrido, você passa seu cartão na entrada e na saída do destino final e automaticamente o valor é debitado da sua conta.

Ônibus: Os tradicionais ônibus londrinos (de um ou dois andares) são uma excelente opção para conhecer a cidade.

Ferry: Alguns ferrys também fazem transporte pelo rio Tâmisa. O ideal é comprar o cartão Oyster, carregá-lo e no final da viagem, o saldo é devolvido.

Dirigir em Londres: Alugar carro pode ser um desafio, a mão é contrária a que estamos acostumados no Brasil. Até mesmo para atravessar as ruas é preciso atenção.

Clima: O inverno é muito rigoroso e o Verão costuma ser muito agradável, mas com chuvas rápidas e fracas (tenha sempre um guarda-chuva). No Verão os dias sao bem extensos, anoitecendo por volta de 23 horas. Julho e agosto a cidade fica bem cheia, pois são férias britânicas e na Europa.

O que levar:  Leve uma jaqueta ou moletom , mesmo no Verão tem um vento gelado em alguns dias. Um sapato confortável (você vai andar muito). O pequeno guarda-chuva (ou compre um de souvenir)  e a capa de chuva continuam muito útil, a probabilidade de chuva é muito grande.

Patrimônios históricos mundiais: oUma cultura riquíssima, com Palácios, Museus, Monumentos,  Igrejas,  Abadia de Westminster, a Torre de Londres, Maritime Greenwich e o Royal Botanic Gardens. A maioria dos museus tem entrada gratuita!

Wi-Fi: Muitos cafés e restaurantes tem wi-fi grátis. Na cidade também tem alguns pontos de wi-fi, mas são raros e bem difíceis de conseguir.

O que comer: O famoso “Fish & Chips” (peixe frito com batata frita) é encontrado em todos os restaurantes e barraquinhas. O tradicional Chá da tarde “Afternoon Tea” também é servido em vários cafés e tem um famoso na loja de departamentos “Harrold’s”.  O café da manhã é bem reforçado “English Breakfast” com torradas, bacon, ovos, salsicha, feijão, cogumelos, tomates fritos. Os doces são um capítulo a parte, lindos e deliciosos!

Principais atrações: são tantas atrações, que não dá para detalhar tudo aqui.

  • Onibus Double Deck – custo bilhete
  • Cabines telefônicas – lindas, ótimo para tirar fotos!
  • Bondinho Emirates Air Line – Custo do bilhete.
  • London Bridge – Grátis
  • Tower Bridge – Grátis
  • Tower of London – Grátis
  • London Eye – pago
  • Parlamento – Grátis
  • Big Ben – Grátis
  • Passeio pelo rio Tâmisa – custo bilhete

Museus:

  • Madame Tussauds – pago
  • Museu Historia Natural – grátis
  • Museu Britânico – grátis
  • Exposição joias da rainha (London Tower) – pago
  • National Galery – grátis
  • National Portrait Gallery – grátis
  • Tate Modern – grátis
  • Tate Britain – grátis
  • Museu da Ciência – grátis
  • Museu Victoria and Albert – grátis

Igrejas:

  • Abadia Webminster (17h00 missa)
  • St. Pauls Cathedral

Castelos

  • Palácio de Buckingham (troca da guarda)
  • Windsor
  • palácio de Kensington
  • Hampton Court

Parques e Praças

  • Hyde Park
  • Regent Park
  • Trafalgar Square
  • St James’s Park

Outros passeios

  • The Shard – Shangri-la Hotel (edificio mais alto de londres)
  • Tour Harry Potter – pago
  • Estádio do Chelsea – pago a visita guiada
  • Abbey Road (local da histórica foto dos Beatles) – grátis

Compras

  • Piccadilly Circus
  • Leicester Square
  • Oxford Street
  • Regent Street

Nas proximidades

  • Greenwich
  • Nothing Hill
  • Candem Towm

Patrimônios históricos mundiais: o Palácio e a Abadia de Westminster, a Torre de Londres, Maritime Greenwich e o Royal Botanic Gardens.

Visto: Não é necessário visto, apenas o passaporte com 6 meses de validade. Tenha todos os documentos comprovando sua estadia e retorno (podem ser pedidos na imigração).

Vacina: não é exigida nenhuma vacina.

Seguro Saúde: é obrigatório seguro de saúde internacional.

Fuso: Londres é onde fica o meridiano de Greenwich e fica 3 horas a mais em relação ao horário de Brasilia.

Consulado Brasileiro em Londres: 14-16 Cockspur Street, London SW1Y 5BL – Westminster Telefone: 020 77474500 E-mail: info.london@itamaraty.gov.br

Blogs que visitei e peguei muitas dicas preciosas, antes da minha viagem!

 

Atrações da Legoland Flórida

Quem ama lego vai se apaixonar por este parque!
Ele é inteiro construído de Lego, tanto as esculturas como as atrações.
Apesar de ser direcionado para as crianças menores, tem atrações que os adultos e crianças maiores vão adorar!!
Ao lado do Legoland Park fica o Legoland Water Park, um parque aquático bem divertido.
Fica localizado em Winter Haven,  aproximadamente 40 minutos de Orlando.

Continue lendo Atrações da Legoland Flórida

Receita Noodles com Camarão Pei Wei – Shrimp Noodles

O Pei-Wei é um restaurante do mesmo grupo do PF Changs, mas um pouco mais barato. Serve comida chinesa e com porções bem servidas.

Este noodles com camarão é bem gostoso!

 

INGREDIENTES

  • ½ copo de canola
  • 04 colheres de maisena
  • ¼ colher de chá de sa
  • 200 gramas de camarão médio, descascado
  • 150 gramas de macarrão tipo lamem
  • 2 colheres de chá de gengibre ralado
  • 4 dentes de alho ralado
  • 1 cubo de caldo de carne
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 2 colheres de shoyo
  • 2 colheres de sopa de óleo de canola
  • 1/2 cebola picada
  • 1 xic de cenoura picada
  • 50 gramas de  ogumelos shiitake, em fatias finas
  • cebolinhas cortada
  • ¾ xícara brotos de feijão (opcional)

MODO DE PREPARO
Aqueça  ½ xic de óleo em uma frigideira média em fogo médio.
Em uma tigela média, misture as claras batidas com 2 colheres de sopa de amido de milho. Passe os camarões nesta mistura e frite no óleo quente por 1 a 2 minutos.

(Eu apenas refogo os camarões, com bem pouquinho óleo)
Prepare o macarrão, de acordo com as orientações da embalagem.

Em uma tigela média, misture o gengibre ralado, alho, o cubo de caldo de galinha (sem dissolver, apenas ralado), mel e o shoyo.

Em uma panela, refogue a cebola, coloque os cogumelos e a cenoura e cozinhe por 3 minutos. Acrescente o macarrão cozido, temperos e o camarão e cozinhe por mais uns 2 minutos. Acrescente a cebolinha.

Sirva quente.

 

Receita do Arroz Frito do Benihana – Shrimp Fried Rice

O charme deste prato é a finalização em uma grande chapa, na frente dos convidados.

Ingredientes:

  • 4 xícaras de arroz cozido
  • 200 gramas de camarão limpo
  • 200 gramas de filet tigon cortado em tiras
  • 200 gramas de frango, cortado em tiras
  • meia xícara de cebola picada
  • meia xícara de vagem, cenoura, tomate e outros legumes, de sua preferencia
  • 2 ovos (quebrados diretamente na chapa)
  • sal, cebolinha
  • pimenta

Em uma grande chapa, coloque um pouco de azeite e camarão em um dos cantos, carne na outra e frango na outra. Coloque pimenta e shoyo. Coloque os legumes em outro canto e novamente shoyo. quebre os ovos e quando estiverem fritos, quebre em pequenos pedaços. Coloque o arroz e regue com shoyo.

Misture todos os ingredientes e sirva!!

Receita da famosa Salada do Olive garden

Esta salada é realmente deliciosa e muito fácil de fazer…

Ingredientes:

  • Alface romana – cortada em pedaços grandes ou inteira
  • Cebola roxa – em rodelas
  • Azeitonas pretas
  • Tomate romano – cortado em gomos
  • Croutons
  • Pepperoncini (pimentão amarelo bem pequeno).

Molho
1 xícara de maionese
2/3 xícara de vinagre branco
5 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de suco de limão
2 colheres de chá de azeite
1 colher de chá de salsa desidratada
1 colher de chá de “Tempero Italiano” (pode comprar pronto)
1 colher de chá garlic
2/3 de xícara de queijo parmesão
1 pitada de Páprica doce

Bata todos os ingredientes do molho no liquidificador e jogue por cima da salada, misturando bem.

Acrescente muito queijo ralado, na hora de servir.

Enjoy it!!!

 

Receita Toscana Soup – Olive Garden

Esta sopa do restaurante Olive Garden, que tem várias unidades espalhadas pelos Estados Unidos, é deliciosa!

Feite a base de batata, linguiça e couve , não é nada light… Mas acho que vale as calorias!

Ingredientes:

  • 1/2 kg de lingüiça fresca moída
  • 1 1/2 colheres de sobremesa de pimenta vermelha em pó
  • 50 g de bacon picado (tire o excesso de gordura)
  • 2 dentes de alho espremidos
  • 10 xícaras de água
  • 5 cubos de caldo de galinha (eu utilizei apenas 2 e coloquei temperos)
  • 1 xícara de creme de leite fresco
  • 4 batatas grandes cortadas em fatias – com casca (eu já fiz sem a casca)
  • 4 folhas grandes de couve crespa

Modo de Preparo:
Refogue a lingüiça moída com a pimenta vermelha, tire o excesso de gordura e reserve.
Na mesma panela em que refogou a lingüiça, doure o bacon, tire o excesso de gordura, frite a cebola e o alho. Coloque 10 xícaras de água para ferver com 2 caldo de carne dissolvido e ferva por 5 minutos. 
Coloque as linguiças e as  batatas e cozinhe até que as batatas estejam bem macias (mais ou menos 30 minutos).  

Acrescente o creme de leite fresco e a couve e desligue o fogo.

Fica realmente deliciosa!!

Blogagem Coletiva: Como conciliar viagens e escola dos filhos

Quem gosta de viajar e tem filhos em idade escolar, vive com o dilema de como conciliar as férias com o ano letivo. Reunimos um grupo de blogueiros e colocamos o assunto em pauta e resultou nesta incrível blocagem coletiva.

blogagem-coletiva

Com certeza esta blogagem será muito rica e com opiniões e argumentos muito diferentes. Primeiro porque não existe um “certo ou errado”, existem formas de enxergar a situação e a diferença da faixa etária das crianças.

O assunto é tão complexo, que vários aspectos devem ser levados em conta, para tomar a decisão mais acertada.

NIVEL DE ESCOLARIDADE

Quanto mais velhas as crianças ficam, muito mais intenso é o conteúdo e as cobranças. Sem dúvidas, viajar com crianças do ensino Infantil e até o início do Fundamental I é bem mais fácil.

Meus filhos estão no Fundamental II , atualmente no sexto e oitavo ano e nesta idade, com o método de ensino da escola que frequentam não conseguimos viajar fora do período de férias.

Quando eram menores, no Infantil e até nos primeiros anos do ensino Fundamental I, viajamos algumas vezes no período letivo, emendando feriado e faltando de uma até duas semanas e não tiveram nenhum prejuízo na escola.

A última viagem que fizemos, durante o período de aula, minha filha mais velha estava no sexto ano e ficamos uma semana fora. O retorno foi um stress: provas substitutivas (a escola deles tem 3 provas toda semana), matéria perdida…

PREÇOS ALTA E BAIXA TEMPORADA

A diferença de preço para viajar no período das férias escolares e na baixa temporada é ABSURDA!!! O setor hoteleiro fica bem mais barato e aparecem promoções tentadoras de passagem aérea! Acho que este é o principal ponto favorável a tirar férias na baixa temporada, muitas vezes a economia é de 50%.

TEMPERATURAS MAIS AMENAS

As férias acontecem nos picos de Verão ou Inverno e dependendo do destino, é um calor ou frio exagerados. Nos demais meses, o clima é mais ameno e agradável.

PONTOS TURÍSTICOS MAIS VAZIOS

O fluxo de visitantes é muito menor na baixa temporada. Você consegue visitar os principais destinos turísticos e parques sem filas e curtir bem mais a viagem.

DURAÇÃO DA VIAGEM

O tempo da duração da viagem pesa bastante na decisão de ficar ausente da escola ou não. Ficar alguns dias, o prejuízo é maior.. Já nas viagens longas, a criança sai do ritmo e perde muita vivência e conteúdo.

RESPONSABILIDADE

Acreditamos que o estudo é a responsabilidade que as crianças tem e que os maiores precisam entender que o lazer é importante, mas que  estudo é mais ainda! Precisamos “cumprir”nossa responsabilidade e depois desfrutar do lazer.

APRENDIZADO DURANTE AS VIAGENS

Sem dúvida nenhuma, uma viagem traz muito aprendizado, inclusive na área acadêmica: desperta o interesse em Geografia (países, capitais, clima, distâncias), História (como surgiu, monumentos), Idiomas, Cultura em geral, Economia…

Usar este tempo além da convivência, proporcionar o conhecimento através da vivência e da experiência é incrível!

LAZER X RESPONSABILIDADE

Nos baseamos no conceito de que as crianças já estão grandes e precisam ter responsabilidade para saber que o lazer é importante, mas que o estudo vem antes. Quero que eles tenham a consciência de que primeiro temos que cumprir com nossos compromissos e depois o lazer.

FLEXIBILIDADE – SEMPRE

Nem tudo é tão rígido e definitivo, as situações mudam e nossos pontos de vista também.

Confira a opinião de outros super bolseiros de viagem sobre o mesmo tema e deixe para nós sua opinião!